quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

A minha Universidade Pessoal

(para verem o que é isso de Universidade Pessoal leiam este post da Thais Godinho que criou este termo e que me assenta que nem uma luva)

----

Sou uma pessoa que gosta de estudar, se bem que tendo a dispersar um pouco.
Por isso tenho várias áreas de interesse. Hoje acrescentei mais uma, pelo que resolvi fazer uma pequena lista do que eu quero aprender este ano e que ferramentas posso utilizar (ou conheço).
Não descarto a hipótese de voltar a estudar na faculdade (este ano cheguei mesmo a inscrever-me numa nova licenciatura, mas cancelei mesmo antes de começar) mas enquanto isso não acontece vou estudando em áreas do meu interesse:

  • Inglês: este ano resolvi que iria melhorar o meu inglês. Tenho feito as "aulas" da aplicação Duolingo e pretendo ler um livro neste idioma, bem como "forçar-me" a ler textos técnicos e ver videos sem legendas;
  • Yoga: pretendo aprofundar os meus conhecimentos nesta área. Para tal, numa primeira fase vou assistir ao curso "Introdução ao Yoga" do canal Prána Yoga (youtube). Já assisti aos dois primeiros vídeos mas é tanta informação que terei de voltar a ver, com um caderninho ao lado para tirar apontamentos;
  • Controlo da infeção e resistência aos antimicrobianos: este é um tema com o qual trabalho, pelo que pretendo fazer os cursos disponíveis nas plataformas da WHO, IPC e NAU. Todos gratuitos e muitos em inglês (dá para treinar esse idioma).
  • Voluntários da leitura: descobri hoje este projeto e achei muito interessante. Atualmente não tenho muito tempo para voluntariado nesta área mas penso fazer o curso, pois certamente me trará ferramentas para ajudar os meus filhos a melhorar as suas competências na leitura.



terça-feira, 11 de fevereiro de 2020

Um frango (do campo) para 12 refeições

Aqui há tempos comprei um "frango do campo" em promoção. Pedi para mo cortarem e na sexta-feira passada foi parar à slow cooker, aquela panelinha mágica que nos faz o jantar enquanto estamos a trabalhar.
Cheguei a casa, meti o bicho a corar um pouco no forno e lá saiu uma refeição para o jantar dos 5 mais um arroz (com os sucos libertados no processo de cozedura) mais uma marmita aqui para a "Je".
Sobrou quase um quarto de frango, incluindo, claro, os peitos que são mais secos (e lá em casa ninguém aprecia).
Ontem decidi que o jantar seria os restos do frango. Tinha tempo, por isso fiz empadão, onde aproveitei alguns itens que andavam por lá: dois chuchus a ganharem rama (foram para o pure), metade de um saco de queijo ralado, um queijinho seco que estava bolorento por fora.
Deu para o jantar, marmita para o almoço e ainda sobrou um pequeno pedaço.
Aquele pedaço sem puré é para mim, pois faço alimentação low carb e a batata é muito rica cm hidratos. Dividi aquele pedaço em duas refeições (o jantar e a marmita) e completei cada uma delas com outro pedaço já com puré.
Acompanhado com uma salada verde, comprada em promoção (etiqueta rosa)



sábado, 1 de fevereiro de 2020

Estratégias para Fevereiro

Depois do descalabro de Janeiro, deixem cá ver se consigo delinear algumas estratégias para poupar no supermercado em Fevereiro :

  • Fazer snacks caseiros para os miúdos, dado que tenho algum material em casa para o fazer (frutos secos, farinhas, tâmaras, por aí). Gasto o que tenho e fica mais saudável;
  • Apostar em fruta caseira, temos laranjas e tangerinas no quintal, não se podem estragar;
  • Arranjar novas maneiras de confeccionar o que tenho em casa. Repetir as proteínas de diferentes formas;
  • Ver bem as promoções. Por vezes não há tempo para "vasculhar" em todos os folhetos mas tenho de o fazer;

Haverão por ai mais ideias "luminosas" para poupar neste item?